Dicas para se dar bem ao trabalhar no exterior

· Tempo de leitura 2 Minutos

Por fim, separamos outras 5 dicas para você que sonha em trabalhar no exterior e construir uma carreira de sucesso fora do Brasil.

1. Esteja dentro da lei

É muito importante que você se informe sobre os documentos necessários para trabalhar em um outro país. Cada local tem a sua particularidade, mas é bem provável que você precise de um visto ou uma permissão de trabalho.

2. Calcule o custo de vida do local

Procure saber a média salarial da função que você exercerá e em seguida anote todos os custos que você terá no novo país, como moradia, alimentação, transporte, telefonia, entre outros. Lembre-se que de nada adianta estar no local dos sonhos sem ter dinheiro para aproveitar.

3. Construa uma rede de contatos

Se ter network é fundamental no Brasil, imagine no exterior! Antes de mais nada, utilize de redes sociais como o LinkedIn para encontrar pessoas em funções parecidas com a sua ou que trabalhem na empresa dos seus sonhos. Não tenha medo de fazer perguntas e pedir conselhos. Essas pessoas podem te ajudar tanto a conseguir um emprego, como a entender sobre o país como um todo.

4. Estude sobre os países e sua cultura

Seja realista: a experiência de quem visita um país a passeio é muito diferente da de quem é morador do local. Pesquise sobre os bairros, os transportes mais utilizados, o clima e o comportamento dos moradores. Aproveite a network que você vai criar para conversar com pessoas locais e saber do dia-a-dia dos moradores.

5. Não se esqueça de se divertir!

Descubra a quantidade de tempo livre que você terá. Qualquer trabalho possui uma carga de estresse, até mesmo no exterior. Seu tempo livre te ajudará a lidar com cansaço do dia-a-dia e nada melhor do que estar em um local cheio de novidades a serem descobertas para te ajudar com isso. Aproveite!

Conclusão

A pergunta que não quer calar é: “vale a pena trabalhar no exterior?”

Cada pessoa é única e absorve as experiências vividas de uma maneira singular, mas podemos dizer sem medo que toda experiência é válida. Com base nisso, sim, vale muito a pena trabalhar no exterior.

Tenha em mente que você vai crescer pessoalmente e profissionalmente ao se desafiar a fazer coisas novas e nunca antes imaginadas. Claro, não será uma tarefa fácil e no início as mudanças podem te causar um grande impacto. Porém, é sempre importante enfrentar as mudanças de cabeça aberta, com prontidão para encarar os novos desafios!

E se você quer transformar seu sonho de trabalhar no exterior em realidade, a ajuda de um consultor de carreira pode te ajudar.

Fonte: Penser Imagem: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *