Evite um networking baseado em jogos de interesses

· Tempo de leitura 2 Minutos

Quando falamos em networking falamos das possibilidades de negócios que podem surgir e o nome descreve isso “rede de trabalho”. Porém precisamos lembrar que não é legal forçar esse contato. Não é adicione pessoas em redes sociais sem nenhum contato prévio ou distribua cartões em eventos sem objetivo traçado. A construção se faz a partir da conversa, de achar pontos em comum com a rede.

Fazer perguntas sobre a outra pessoa, em vez de falar de si e do seu negócio logo de início pode ser um bom começo. Demonstrar interesse e construir uma conversa é essencial e poderá melhorar a qualidade da sua rede. Use o bom senso nas abordagens e principalmente a criatividade. Foque não na quantidade de contatos, mas sim na qualidade deles.

Cultivar conexões genuínas e espontâneas potencializa a sua rede e traz benefícios naturalmente, sem pressão.

Onde desenvolver um networking de qualidade?

Quando ingressamos no mercado de trabalho tudo o que realizamos e construído será usado como propaganda de quem é você no ambiente profissional e isso também serve para os seus colegas. Ao longo da vida passamos por várias empresas e várias pessoas também passam pelas empresas em que trabalhamos. Esse é um dos pontos de partida para desenvolver um networking de qualidade.

Essas relações profissionais podem ser fortalecidas. Uma das formas mais comuns de mudar de empresa é quando um ex-colega de trabalho indica você para uma vaga que estava em aberto. Isso mostra que ele não só confia no seu trabalho, mas também o conhece de perto. Fazer o mesmo pelo colega é algo valioso!

Eventos e palestras também são uma boa fonte para alimentar o seu networking. Existem casos em que pessoas se conheceram dividindo um táxi e descobriram pontos em comum. A ideia é pegar uma oportunidade e transforma-la em conexão.

Uma ferramenta que pode ser muito útil nesse exercício diário é o whatsapp. Baixe o nosso infográfico e saiba como potencializar essas conexões.

Gostou do conteúdo? Que tal compartilhar também com sua rede de contatos?

Fonte: Penser Imagem: Freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *